Relacionamentos: O que fazer quando chega ao FIM?

relacionamentos

Vivemos em um mundo onde as pessoas conhecem, se apaixonam, e num dado momento podem desistir de um relacionamento seja por motivos de incompatibilidade, brigas, ou qualquer outro motivo aparente.

Eu mesmo já tive alguns relacionamentos e não fui muito bem sucedido em todos eles. Hoje casado a 10 anos estou num momento difícil da minha vida. Conheci outra mulher a distância que estava passando por dificuldades financeiras e resolvi ajudá-la, o problema é que eu acabei me apaixonando por ela, e ela como consequência também se apaixonou por mim, “eu acho” quem sim, mas enfim.

Relacionamentos

Acabamos nos envolvendo de tal maneira que já não conseguia-mos mais ficar longe um do outro, até que por fim, entre conversas, textos e mensagens via whatsapp estáva-mos cada vez mais envolvidos um com o outro e eu casado ainda, contei pra ela que estava casado e que me dava muito bem com minha esposa.

relacionamentos

Ela por sua vez entendeu, e disse que de fato o correto era a gente se afastar, mas o problema é que ela estava precisando de ajuda tanto emocional quanto financeira naquele momento. Eu por minha vez estava em uma condição financeira aceitável, todas as contas em dia, etc.

E por estar apaixonado continuei ajudando esta pessoa, uma pessoal maravilhosa, linda, atraente, uma beleza envolvente, mas com alguns problemas emocionais em relação ao seu ex marido.

Confesso que chegamos até planejar viver juntos, e casar, eu já estava decidido a separar da minha esposa, pois o nível de sentimento que havia por aquela mulher já não me deixava mais enxergar que eu estava cometendo um erro, e como já estava completamente envolvido não havia mais motivos para continuar casado com minha “atual” esposa ainda.

O tempo foi passando e o desejo e a vontade de se ver pessoalmente foi aumentando até que num dado momento decidimos que era hora de “conversar” sobre nós, e nos conhecer de fato.

Acabei trazendo ela aqui para o Rio de janeiro, sou carioca, nos conhecemos, fomos a praia, ficamos juntos por 5 dias, e daí os problemas sempre tem, mesmo em um relacionamento extra conjugal, ela no primeiro dia, estava feliz, contente, ao meu lado, satisfeita, mas tudo mudou quando eu tive que fazer uma ligação para minha atual esposa, e ela estava junto comigo ouvindo a ligação, então ela pode perceber o quanto que minha esposa era uma pessoa legal também, carinhosa, e me amava de verdade.

Foi o estopim pra quela mudasse totalmente a face, ficou emudecida, com pena da minha esposa, e com razão, claro estavamos no erro, sabía-mos que alguém nesta história iria sofrer. Enfim daquele dia em diante tudo mudou. Ela já não era mais a mesma pessoa comigo, e eu por minha vez estava constrangido, sabendo que nosso sentimento era proibido, mas mesmo assim insisti, e numa noite escrevi um texto pra ela de madrugada e mandei via whatspp, dizendo que se ela não me queria mais, era só falar e eu iria sair fora e acabar com tudo.

Ela então decidiu voltar pra casa, e falou comigo que era pra gente encerrar aquele encontro e ela voltaria pra casa pegando o avião de volta pra cidade dela. Enfim, naquele momento eu comecei a chorar de tristeza, pois eu realmente eu amava aquela mulher, sabia que era um erro, mas sabia que ela também estava com a razão, nós dois choramos juntos e eu pedindo a Deus pra nos ajudar quanto aquela situação, pois nosso sentimento era verdadeiro, não era apenas “sexo” havia sentimento de verdade entre ambas as partes.

No final decidimos ficar aqueles 5 dias juntos ainda, e por conta do sentimento decidmos levar a diante o relacionamento. Na hora dela voltar pra casa, ela disse-me: “Bom o relacionamento é difícil, mas eu quero continuar com você, vamos levar a diante”. Eu fiquei feliz com aquela resposta, mas triste porque a mulher que eu amava estava indo embora e eu não sabia mais se ela iria voltar.

Por fim, aconteceu o que eu já esperava, continuei ajudando ela financeiramente, e quando foi em dezembro, ela me contou que a mãe iria fazer uma viagem para o Pará, e que ela estava sem dinheiro para alimentação, eu como ainda tinha um pouco de dinheiro sobrando, ajudei ela, com a alimentação, mas comecei a ter problemas dentro de casa, pois o dinheiro que eu ajudava, estava tirando de dentro da minha casa para ajudá-la e com isso minhas contas sempre ficavam pra depois.

Estes problemas começaram a afetar minha vida com minha esposa, e começamos a brigar por conta disso, até que um dia minha esposa descobriu que eu estava mandando dinheiro todo mês para a minha “amante” se assim podemos dizer, o que culminou em uma discussão a qual eu contei pra pessoal a qual eu amo ainda e estava me relacionando novamente a distância.

A pessoal então ficou de pensar se iria ou não ficar comigo, por conta deste problema, e eu por minha vez como já estava estressado com tudo isso, resolvi por fim a relação extra conjugal. Confesso que foi doloroso, pois neste momento em que escrevo eu ainda amo esta mulher, mas infelizmente não dava mais pra mim, eu estava ficando sem dinheiro e eu nunca conseguia negar ajuda toda vez que ela me contava seus problemas, o problema é que isto estava afetando toda a minha vida financeira de tal forma que eu já estava ficando endividado completamente e com meu casamento em frangalhos.

Pra concluir fiquei me comunicando com minha “amante” se assim posso dizer, que na verdade eu queria que fosse minha esposa, e não “amante” até abril de 2018, e quando foi semana passada resolvi colocar fim na comunicação e atualmemnte estamos afastados. Não sei até quando. Mas o que posso dizer é que a lição que eu tiro disso tudo, é que as vezes você precisa negar seu sentimento para evitar que as pessoas sofram, mesmo que você queira muito, se tem algo errado no meio é melhor se afastar.

Confesso que estou a ponto de me separar, e sim de fato vou me separar, e só Deus sabe o que será da minha vida daqui pra frente.

Quanto a como lidar com o fim de “dois relacionamentos” o que posso dizer é que o mais correto a fazer é procurar uma distração sadia, trabalhar, e evitar pensar na pessoa amada, eu fiz minha mulher sofrer, e acredito que a outra pessoa se “me ama de verdade” também está sofrendo. No final das contas todos nós estamos sofrendo, e só Deus poderá cicatrizar estas feridas.

Espero ter contribuído com alguma coisa.

Att. RSP

0 Compart.

O que você acha disso?

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *