Temer aprova chip obrigatório para brasileiros em 2017

Está circulando um boato na internet divulgando que o atual presidente Michel Temer aprova chip obrigatório para brasileiros em 2017 será isso verdade?

Segundo a notícia Michel Temer acabou de aprovar o uso do chip obrigatório para todos os brasileiros em 2017. Estamos no fim dos tempos?

Boatos na internet são constantes, e muitas das vezes eles são modificados pra dificultar ainda mais a investigação, mas como sabemos que toda mentira tem perna curta então a verdade sempre aparece. A bola da vez é o chip obrigatório aprovado como lei por Michel Temer.

Temer aprova chip obrigatório no Brasil, aponta boato

Temer aprova chip obrigatório no Brasil, É boato.

Todos nós sabemos que o anti-cristo está próximo de se revelar, mas por enquanto ainda não se revelou. Se você já ouviu falar no projeto blue beam, estão criando um projeto para forjar uma segunda vinda do Messias no mundo todo. Mas vamos ver se esta lei do Micro Chip Obrigatório em 2017 é verdadeira ou falsa.

Pois bem. A história começou quando surgiu um boato dizendo que a ex presidente Dilma havia aprovado o chip obrigatório. Depois que esta história foi desmentida, apareceu um suposto texto do alerta de Silas Malafaia sobre o assunto. Dilma saiu e o texto do Malafaia ganhou um novo personagem. Desmentidos os textos do pastor, surge a seguinte história:

Temer aprova a implantação de chip obrigatório nos brasileiros em 2017

O chip que vai substituir o dinheiro e os documentos! A intenção é unificar cadastros e documentos dos cidadãos, como identidade, CPF, título de eleitor e carteira de habilitação, além de registros de nascimento, casamento e óbito. O Presidente Temer durante a cerimônia de assinatura do projeto de lei que cria o documento único, essa reunião ocorreu em Outubro e teria sido secreta.

Temer no dia 11, causou um certo reboliço na população brasileira e no povo cristão em geral. Para alguns a implantação do chip para facilitar a vida do povo é o início da “marca da besta”, para a Temer é o resumo de todos os documentos em um só.

Temer aprovou chip obrigatório para brasileiros em 2017?

Como você viu, além do texto, um vídeo tratava do assunto. Mas será mesmo que Temer aprovou o chip para todos os brasileiros em 2017? A resposta é não. Vamos aos fatos.

Esta história já foi desmentida antes, mas vamos novamente aos fatos.  Toda lei antes de ser aprovada precisa passar pelo crivo do congresso nacional, e depois precisa passar pelo senado, até chegar em votação e só então ela é aprovada e segue ao presidente para sancionar.

2. O texto é enviado a uma das casas legislativas (se for do Senado, vai para lá, caso contrário vai para a Câmara dos Deputados) para ser analisado por comissões temáticas. Se é sobre imposto de renda, por exemplo, vai para a Comissão de Finanças e Tributação. Depois, passa pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), que avalia se o texto está de acordo com a Constituição.

3. Aprovado pelas comissões parlamentares, o projeto segue para discussão e votação no plenário, que é o conjunto de legisladores da casa. Se o projeto for para uma lei ordinária (tipo mais comum), a maioria dos legisladores presentes na votação precisa concordar para ele seguir adiante. Senão o projeto é arquivado.

4. Tudo ok na Câmara, o projeto segue para revisão no Senado, onde também será analisado por comissões técnicas e por uma CCJ. Se tudo estiver dentro da lei, o texto final é votado de novo. Caso seja aprovado, vai para o poder executivo. Se for alterado, volta para nova análise da Câmara. Se for rejeitado, vai pro arquivo.

5a. A palavra final é do presidente da República. Se ele discordar do texto, pode vetar total ou parcialmente. Quando isso acontece, o texto volta para a casa de origem. Lá, se a maioria absoluta dos legisladores discordar do presidente, o executivo tem o veto descartado (e o presidente aprova a lei a contragosto).

5b. Se curtir o projeto de cara, o presidente pode aprová-lo sem modificar. Nesse caso, o texto final é sancionado e promulgado pelo executivo, e a lei segue para a publicação no Diário Oficial da União para que entre em vigor e a população fique ciente da nova legislação.

Observe que todo este processo é demorado, então é praticamente impossível que Michel Temer tenha aprovado esta tal Lei do Micro Chip Obrigatório em 2017.

Além disso, o vídeo se baseia em um outro boato: o de que Obama havia também aprovado a obrigatoriedade nos Estados Unidos. Caso você não saiba, esta história também já foi desmentida. Inclusive, o que se fala do Mondex também é falso.

Termos: 

  • Temer aprova chip obrigatório para brasileiros em 2017
  • Chip será obrigatório em 2017
  • Michel Temer Chip 2017 Lei
  • Lei do Chip Obrigatório em 2017

O que você acha disso?

Comentários

Um comentário em “Temer aprova chip obrigatório para brasileiros em 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *